Curtas Amazônia Legal

Iauaraete

Direção: Xan Marçall
Roteiro: Xan Marçall
Produção: Xan Marçall
Tempo 13’02”

Documentário, 2020 | Brasil – PA 

Jamary

Direção: Begê Muniz
Tempo 15’

Ficção, 2021| Brasil – AM

Ane passa as tardes brincando pela floresta com seus primos até encontrar Anhangá, um espírito indígena que cerca sua comunidade. Mas quando ela vai mais fundo na floresta, Ane se depara com uma verdadeira assombração

Um Céu partido ao meio

Direção: Danielle Fonseca
Roteiro: Danielle Fonseca
Produção: Danielle Fonseca
Tempo 16’33”

Documentário, 2022| Brasil – PA 

Filme inspirado nas casas de estilo arquitetônico intitulado Raio-que-o-parta, encontradas em Belém do Pará (BR). O filme além de apresentar um breve recorte de diversas casas com essa arquitetura, traz uma licença poética com a participação especial do ator Pascoal da Conceição, interpretando o escritor Mário de Andrade, que bayla, feito um malandro modernista no terreyro do lendário Teatro Oficina Usyna Uzona ao som do toque do ponto de Oyá Matamba, para celebrar, questionar, e porque não, re-aprender nesse ano que completa os 100 anos da Semana de Arte Moderna.

O filho do homem

Direção: Fillipe Rodrigues
Roteiro: Fillipe Rodrigues
Produção: Felipe Mendonça, Beatriz de Oliveira e Fillipe Rodrigues
Tempo 10’50”

Ficção, 2020 | Brasil – PA | 

Utopia

Direção: Rayane Penha
Roteiro: Rayane Penha
Produção: Rayane Penha
Tempo 15’16”

Documentário, 2021| Brasil – AP

A busca por uma filha por histórias vividas pelo pai garimpo de ouro que morreu na mineração. Arquivos sobre este pai, fotos, vídeos e cartas que ele escreveu para a família relatando a experiência e as dificuldades da mineração. O documentário busca humanizar homens que dedicam suas vidas à terra, mais do que um registro o filme vem para mostrar um relato íntimo e poético da vida desses garimpeiros.

KARAIW A’E WÀ

Direção: Zahy Guajajara, Daniel Wierman, Philipp Lavra e Marcelo Hallit
Roteiro: Zahy Guajajara
Produção: Daniel Wierman
Tempo 14’30”

Ficção, 2022 | Brasil, MA

Cem Pilum: A História do Dilúvio

Direção: Thiago Morais
Roteiro: Thiago Morais
Produção: Saleyna Borges
Tempo 8’30”

Animação, 2022| Brasil – AM

Nos tempos antigos era muito violento. Havia mais animais ferozes do que pessoas, e Deus, o Criador, queria acabar com cobras, onças e outros animais. Então ele ordenou o dilúvio.

Centelha

Direção: Renato Vallone
Roteiro: Renato Vallone
Produção: Renato Vallone
Tempo 26’40”

Ficção, 2021 | Brasil – AC

Delírio da fome de um homem que incorpora, no curso de um ritual ancestral, os demônios de um país doente.

Pistolino e o filme que não acaba nunca

Direção: Anderson Mendes
Roteiro: Anderson Mendes
Produção: Anderson Mendes, Thiago Morais, Samuel Pessoa, Jorgemar Monteiro e Lucas Martins
Tempo 1h10’

Documentário, 2021 | Brasil - AM

O documentário PISTOLINO E O FILME QUE NÃO ACABA NUNCA, de Anderson Mendes, mostra a jornada de Jair Rangel, um artesão, inventor e Cineasta brasileiro para realizar seu primeiro filme que começou em 1998 e não tem data para terminar.

Dona Raimundinha do Rio Tajapuru

Direção: Chico Carneiro
Roteiro: Chico Carneiro
Produção: Chico Carneiro
Tempo 57’

Documentário, 2022| Brasil - PA

O rio Tajapuru -um furo do rio Amazonas- é uma movimentada rota para a navegação comercial e industrial na região norte do Brasil, no estado do Pará. Famílias ribeirinhas que vivem ao longo do rio Tajapuru representam um microcosmo da desigualdade social que forja o povo brasileiro. Este filme partilha extratos da vida de uma dessas famílias: a de dona Raimundinha.

Onde fica Nova Esperança?

Direção: Thiago Foresti e Renan Montenegro
Roteiro: Thiago Foresti
Produção: Amanda Fernandes
Tempo 1h41’

Ficção, 2021| Brasil – PA

Por trás das praias e de paisagens paradisíacas, a cidade de Nova Esperança revela uma realidade dura e cruel. Na maior floresta tropical do mundo, Edmilson, Rubens, Ivonete e Alex, vítimas do trabalho escravo, enfrentam situações degradantes para sobreviver. Os personagens são inspirados em fatos reais e representam o drama do trabalho degradante na Amazônia brasileira.

Maria e Zé Cláudio

Direção: Evandro Costa de Medeiros
Produção: Fabio Oliveira Lima
Tempo 1h10’55”

  

Os devotos de São Sebastião

Direção: Artur Arias Dutra
Roteiro: Artur Arias Dutra
Produção: Juçara Abe Lima
Tempo 1h03’

Documentário, 2022| Brasil - PA

O documentário em longa-metragem conta a história da peregrinação da Comitiva de São Sebastião de Cachoeira do Arari. O grupo viaja durante sete meses com a imagem de São Sebastião pelos Campos da Ilha do Marajó, adentrando as casas nos locais mais longínquos, para realizar o que é conhecido na região como "Ladainha", espécie de novena musical tocada com viola, violões, tambores, triângulo.

No vazio do ar

Direção: Priscilla Brasil
Roteiro: Priscilla Brasil
Produção: Priscilla Brasil
Tempo 1h11’

Documentário, 2022| Brasil - PA

Na tentativa de entender o que está por trás de alguém querendo ser piloto na Amazônia, uma atividade mal paga e muitas vezes fatal, a autora decide voltar ao pequeno aeroporto onde seu tio costumava voar, 30 anos após sua morte. Como a pista de pouso parece deslizar para a obscuridade, os pilotos nos contam sobre a precariedade, preconceito e criminalidade nos céus que cobrem a floresta tropical.

Uýra, a retomada da floresta

Direção: Juliana Curi
Roteiro: Juliana Curi, Martina Sönksen e Uyra Sodoma
Produção: Juliana Curi, João Henrique Kurtz, Lívia Cheibub, Martina Sönksen, Uyra Sodoma, Abou Farman e Ram Devineni
Tempo 1h12’

Documentário, 2022| Brasil – AM

Uýra, artista trans-indígena, viaja pela floresta amazônica em uma jornada de autodescoberta usando arte performática e mensagens ancestrais para ensinar jovens indígenas e enfrentar o racismo estrutural e a transfobia no Brasil.



Curtas Pan Amazônia

Airão Velho, Sayonara

Direção: Sandro Vilanova
Roteiro: Sandro Vilanova
Produção: Cassio Fernandes
Tempo 25’

Documentário, 2020| Brasil – AM

Shigeru Nakayama é um imigrante japonês que vive sozinho em Airão Velho, cidade em ruínas na floresta amazônica. Depois que Nakayama reativa uma misteriosa máquina escondida na região, as luzes da cidade abandonada são reacendedas e, juntamente com eles, fantasmas antigos voltam a vagar pela floresta e casas.

Itinerário de cicatrizes

Direção: Glória Albues Martins
Roteiro: Glória Albues Martins
Produção: Felipe Albues Martins
Tempo 18’35”

Documentário, 2022 | Brasil, MT

Trata-se de um filme-ensaio sobre o impacto, os traços e as cicatrizes impressas na flora, fauna e vida das pessoas que habitam as vastas planícies do Pantanal mato-grossense, causadas pelos incêndios florestais mais devastadores de sua história, ocorridos em 2020.

A nós, solitários

Direção: Guilherme de Oliveira
Roteiro: Guilherme de Oliveira, Cintia Nakashima e Fernanda Santiago
Produção: Guilherme de Oliveira
Tempo 16’

Ficção, 2021| Brasil - SP

Uma jovem, a cidade, as imagens, o som. O silêncio. 

Deus me livre

Direção: Carlos Henrique de Oliveira e Luis Ansorena Hervés
Roteiro: Carlos Henrique de Oliveira, Luis Ansorena Hervés
Tempo 16’42”

Documentário, 2021| Brasil – PR

Adenilson e Zeca são coveiros do mais longo cemitério da América Latina, instalado na Vila Formosa, em São Paulo. Depois que seu chefe foi infectado, eles enfrentam a difícil tarefa de cavar sepulturas sem fim enquanto evitam o contágio na cidade com a maioria das vítimas de coronavírus no país. Eles confiarão muito mais a Deus do que em medidas de proteção.

Tecido, Sigilo

Direção: Lucílio jota
Roteiro: Lucílio jota
Produção: Clélia Bessa
Tempo 14’27”

Documentário, 2021 | Brasil – RJ

Tecido, Sigilo é um curta-metragem experimental que investiga a forma como corpos negros são percebidos em espaços através de suas roupas. Discute a relação corpo-embalagem, embalagem-espaço.

O ovo

Direção: Rayane Teles
Roteiro: Rayane Teles
Produção: Yasmin Rocha e Mateus Amaral
Tempo 22’45”

Ficção, 2021| Brasil – BA

Em uma Bahia distópica onde toda a população é infértil e governada por um regime ditatorial populista, um casal de camareiras e padeiros não conseguem chegar a um consenso na escolha do nome de sua filha, expondo problemas estruturais no casamento e na sociedade.

Benzedeira

Direção: San Marcelo e Pedro Olaia
Roteiro: San Marcelo
Produção: Cecilia Nascimento e Raquel Leite
Tempo 26’40”

Documentário, 2021| Brasil – PA

O curta mergulha no universo da curandeira Maria do Bairro, que escolheu o silêncio para compartilhar a sabedoria que lhe foi confiada. Essa ciência da natureza é colocada em uma ilha solitária na comunidade da cidade de Bragança. Manoel Amorim, conhecida como Maria do Bairro, a bicha negra e curandeira, se dedica a curar o corpo e a alma daqueles que a procuram. O conhecimento que o habita não vem do trabalho de adivinhação, mas da experiência e resistência mergulha na natureza, seus espíritos e filosofia.

Não olhe para trás

Direção: Malu Portela
Roteiro: Malu Portela
Produção: Sonia Freitas
Tempo 14’55”

Ficção, 2022 | Brasil – RJ 

Elisa tem 15 anos, está gravida de 8 meses e tem 1 dia para atravessar a fronteira com o Brasil. Ou uma maldição tomará sua alma.

A Máquina e a Melodia

Direção: Juan Antonio Limo Giribaldi e Manuel-Antonio Monteagudo
Roteiro: Juan Antonio Limo Giribaldi e Manuel-Antonio Monteagudo
Produção: Manuel-Antonio Monteagudo e Miguel Renatto Limo Giribaldi
Tempo 7’26”


Animação, 2022 | Peru 

Uma Formiga trabalhadora, ocupada cortando árvores na Amazônia, encontra-se com uma Cigarra cantando, que é capaz de fazer a natureza crescer com suas canções. Logo, ambos os insetos se tornam amigos. 

Ava Kuña, Aty Kuña – Mulher indígena, Mulher Política

Direção: Julia Zulian, Fabiane Medina e Guilherme Sai
Roteiro: Julia Zulian e Fabiane Medina
Produção: Julia Zulian
Tempo 25’

Documentário, 2021| Brasil – SP 

 Ava Kuña, Aty Kuña; mulher indígena, mulher política é uma abordagem poética da resiliência política das mulheres indígenas brasileiras. Um retrato do Kuñangue Aty Guasu, uma montagem de mulheres Guarani Kaiowá, o curta-metragem mistura as impressões de uma mulher branca com as explicações de uma mulher originária sobre esse encontro.

Mar de Azul

Direção: Juan Carlos Ballesteros
Roteiro: Juan Carlos Ballesteros
Produção: Juan Carlos Ballesteros
Tempo 8’30”

Documentário, 2022| Venezuela

Uma tentativa de encapsular um encontro através do tempo entre uma mãe e seu filho. Através de uma terceira entidade, dois sujeitos podem se conhecer, entender e reconhecer uns aos outros como seres humanos, com paixões pessoais e compartilhadas, através da vastidão do tempo.

Shirampari: A herança do rio

Direção: Lucia Florez
Roteiro: Lucia Florez
Produção: Chémi Pérez
Tempo 15’44”

Documentário, 2022| Peru

Em um dos lugares mais remotos da Amazônia peruana, um menino Ashéninka deve superar seus medos e pegar um bagre gigante usando apenas um gancho para começar sua jornada para se tornar um adulto.

Longas Pan Amazônia

Amazônia, a nova Minamata?

Direção: Jorge Bodanzky
Roteiro: Nuno Godolphim e Tiago Carvalho
Produção: João Roni e Nuno Godolphim
Tempo1h15’

Documentário, 2022 | Brasil – SC

Este documentário revela como a contaminação por mercúrio ameaça os habitantes da Amazônia com a sombra da Doença de Minamata, pois segue a saga do povo Munduruku para conter o impacto destrutivo da mineração de ouro em seu território ancestral.

Entre cão e lobo

Direção: Irene Gutiérrez
Roteiro: Irene Gutiérrez e Lisandra López
Produção: José Alayón, Marina Alberti, Viana González, Irene Gutiérrez, Carlos García e Mª Alejandra Mosquera
Tempo 1h15’

Documentário, 2021| Colômbia

Entre o clima de mudança na Cuba de hoje, três veteranos esquecidos da Guerra angolana estão relutantes em abandonar o espírito revolucionário que os uniu como camaradas. Marchando para o topo das montanhas, eles continuam a treinar, vestidos com seus antigos uniformes, assim como fizeram há mais de trinta anos. Dia após dia, eles participam deste ritual, enquanto tentam voltar a um tempo em que se sentiam jovens, fortes e respeitados. Eles são os últimos Samurais da Revolução Cubana.

Segredos do Putumayo

Direção: Aurélio Michiles
Roteiro: Aurélio Michiles, Danilo Gullane e André Finotti
Produção: Patrick Leblanc
Tempo 1h23’

Documentário, 2020 | Brasil – AM

Em 1910, o cônsul-geral britânico no Rio de Janeiro, Roger Casement, realizou uma investigação sobre alegações de crimes contra comunidades indígenas cometidos pela Companhia Amazônica Peruana, registrada na Inglaterra. "Segredos de Putumayo" traça a imagem angustiante descoberta por Casement de um sistema industrial-extrativista baseado em assassinatos e trabalho escravo no meio da selva amazônica - um verdadeiro inferno verde. Mais de um século depois, as lutas das comunidades amazônicas por direitos à autodeterminação e à justiça básica duram diante de novas ondas de desenvolvimento lideradas pelo mercado.

Noites Alienígenas

Direção: Sérgio de Carvalho
Roteiro: Rodolfo Minari
Produção: Karla Kristina Martins
Tempo 1h30’

Ficção, 2022| Brasil – AC

Rio Branco, no Acre, cidade amazônica próxima à fronteira com o Peru e a Bolívia, vem sofrendo os impactos violentos das recentes mudanças nas rotas de tráfico, que chegaram com violência na Amazônia brasileira. Nesse cenário, a vida de três jovens amigos de infância se entrelaça e, finalmente, se encontra em uma tragédia comum.

Tudo é rio

Direção: Helen Lopes
Roteiro: Helen Lopes
Produção: Gabiroba filmes
Tempo 1h14’29”

Documentário, 2022, | Brasil – TO

Tudo é rio é um documentário sobre os impactos da usina hidrelétrica Estreito-MA na vida de ribeirinhos e pescadores da cidade de Tocantinópolis. Através dos discursos dos afetados, são reveladas as épocas do passado, as memórias que se cruzam com o cenário atual: mortalidade e falta de peixe; o impacto na vida dos pescadores; desilusão com a profissão. Finalmente, através das declarações dos deponentes, os cenários de ontem e de hoje são desenhados.

Samichay, em busca da felicidade

Direção: Mauricio Franco
Roteiro: Mauricio Franco
Produção: Sergio García Locatelli e Hugo Carmona
Tempo 1h27’

Ficção, 2020 | Peru

Os picos mais altos das montanhas sobem acima das nuvens. Às vezes eles parecem se fundir com o céu. Deus não existe e nem há um diabo. Estamos nas alturas dos Andes peruanos, a mais de 5.000 metros acima do nível do mar, onde Celestino, um eremita camponês, empreende uma jornada de cura com sua vaca Samichay, da solidão e da altura dos Andes ao caos urbano e aldeias.

Seja água – Do Andes à Amazônia

Direção: Julia Blagny
Tempo 52’

Documentário, 2021| Bolívia

A água é a essência de toda a vida. Ela desenha a Terra e a história da humanidade. Mas pode se transformar em perigo e até veneno. Os rios da Bolívia, veias do coração da América do Sul, estão ficando pretos, vermelhos e até desaparecem

A garota invisível

Direção: Dorian Fernández Moris
Roteiro: Dorian Fernández Moris e Rogger Vergara Adrianzén
Produção: Luis Fernández Moris
Tempo 1h30’

Ficção, 2022 | Peru

Juan, um ex-funcionário público, foge da justiça e da tragédia que o marcou para sempre. Reina, uma adolescente, foge dos abusos sexuais e morais que sofreu desde criança nos campos de exploração sexual de La Pampa, um lugar controlado por máfias de mineração de ouro. Unidos pelo destino, partirão em busca da família de Reina em um território da Amazônia peruana sem autoridade, devastado pelo crime e pela ganância.