O FESTIVAL PAN-AMAZÔNICO DE CINEMA - AMAZÔNIA DOC é um festival com um recorte único no Brasil, com foco na produção audiovisual de cinema documentário e de ficção dos 9 países que compõem a Amazônia. Importante espaço de formação, difusão e de reflexão do cinema produzido nesta rica região, o Festival acumulou um acervo de mais de 800 filmes nas suas cinco últimas edições, conjunto único de difícil acesso.

O AMAZÔNIA DOC - FESTIVAL PAN-AMAZÔNICO DE CINEMA é uma rara oportunidade de conhecer obras de grande valor que retratam realidades e circunstâncias tão especiais, e que possuem uma circulação/distribuição no Brasil quase inexistente.

O FESTIVAL PAN-AMAZÔNICO DE CINEMA busca aprofundar as questões sociopolíticas e de fomento relativas ao audiovisual com perfil de integração dos países da PAN-AMAZÔNIA, através da exibição, debates e palestras sobre as produções cinematográficas, entre documentários, animações e obras de ficção que retratam a realidade amazônica e/ou expressam seus desejos, suas vicissitudes, seus sonhos


Programação

A programação do festival AMAZÔNIA DOC é composta pela exibição dos filmes selecionados pelos curadores em MOSTRAS COMPETITIVAS distintas, painéis, Masterclass e Oficinas , além dos bate-papos com diretores e membros da produção que ocorrem logo após as sessões dos filmes exibidos. Ela envolve a participação, deste modo, de vários profissionais do campo do audiovisual, entre diretores, fotógrafos, atores, técnicos, etc., dos diversos países participantes, enriquecendo a troca que a mostra promove. O público tem acesso gratuito às palestras e exibições de filmes produzidos em vários estados do Brasil, além da produção dos 08 demais países que integram a Pan-amazônia (Venezuela, Peru, Equador, Bolívia, Colômbia, Guiana, Guiana Francesa e Suriname), promovendo um rico diálogo e uma grande oportunidade de intercâmbio cultural.

O AMAZÔNIA DOC – Festival Pan-Amazônico de Cinema acontece anualmente desde 2009 e tem como sede do projeto a cidade de Belém, capital do estado do Pará, considerada o Portal da Amazônia. Nas suas 5 primeiras edições, ocorridas em Belém, foi uma iniciativa de suma importância numa região onde as condições geográficas e sociais dificultam o acesso da população às produções audiovisuais, principalmente destes países amazônicos, instigando e promovendo um ciclo de reflexão e debates sobre fomento, difusão e produção audiovisual numa região com reconhecidas carências. O amadurecimento do projeto levantou a necessidade de levar tais reflexões ao resto do país, visto que é uma realidade pouco conhecida dos demais brasileiros.

Em 2020, na sua 6ª Edição, o Festival Pan-Amazônico de Cinema – AMAZÔNIA DOC tomou a ousada decisão de ampliar os seus horizonte. A partir desta edição de 2020, o AMAZONIA DOC se torna 3 em 1 e passa a abrigar dois novos festivais em sus 1ªs edições. Para contribuir com o protagonismo dos alunos do ensino médio das Escolas Públicas do Pará fundou-se o FESTIVAL CURTA ESCOLAS, com Troféus e premiações para os 3 primeiros curtas documentários selecionados por um Júri oficial. E seguindo o compromisso com as pautas urgentes da sociedade, entre elas o fortalecimento e visibilidade da mulher, foi lançado o FESTIVAL AS AMAZONAS DO CINEMA, com uma Mostra Competitiva específica para premiação de cineastas mulheres da Pan-Amazônia.

Perfil dos filmes selecionados

Nas suas cinco edições, os filmes que foram selecionados por uma curadoria de pré-seleção e exibidos nas mostras competitivas e paralelas do AMAZÔNIA DOC, apresentaram para o seu público um painel detalhado da produção cinematográfica dos nove países que compõe o território Pan-Amazônico, inclusive o Brasil.

São Documentários, que em grande parte revelam o cotidiano e temáticas comuns aos povos amazônidas, reforçando a identidade e a troca de ideias e experiências entre culturas, em que pese suas diferenças, e possuem um núcleo comum ligado ao rio e à floresta e tudo o que gira em torno destas realidades.

Do mesmo modo, como não há uma limitação temática, vemos filmes com temas diversos dentro da produção Pan-amazônica, filmes da Colômbia, Peru, Equador, Venezuela e demais países da região, promovendo desta forma o acesso a obras cinematográficas de países cuja distribuição no Brasil é muito limitada, mas de fundamental importância para o diálogo entre esses países vizinhos e irmãos.

Neste recorte, os filmes se distribuem pelos mais diversos temas, como adolescência, família, drogas, meio-ambiente, relacionamentos amorosos, documentários dos mais diversos tipos e narrativas.


Linha do tempo Edições Anteriores


Vencedores da 1ª Edição do Amazônia DOC - 2009

Catálogo do Festival

Prêmio Filme/Direção Categoria
Troféu AMAZÔNIA OURO Mataram Irmã Dorothy Melhor longa-metragem
Troféu AMAZÔNIA PRATA Balsa Boieira e Seu Didico: Paraense Velho Macho Melhor média-metragem
Troféu AMAZÔNIA BRONZE A Casa dos Mortos Melhor curta-metragem
Troféu AMAZÔNIA Arara Azul Verde Terra Prometida: Laços Amazônia & Nordeste Melhor filme etnográfico
Troféu AMAZÔNIA Peixe-Boi Diógenes Leal Melhor técnico local escolhido pela ABDeC-Pa
Troféu AMAZÔNIA Aruanã Mataram Irmã Dorothy Melhor filme escolhido pelo júri popular
Troféu AMAZÔNIA Especial e Prêmio AUGUSTO RUSCHI no valor de R$15.000,00 Mataram Irmã Dorothy obra de destaque escolhido pelo júri oficial
Troféu AMAZÔNIA Especial Pachamama Menção Honrosa pelo Júri Oficial

Vencedores da 2ª Edição do Amazônia DOC - 2010

Catálogo do Festival

Filme/direção Categoria
Terra deu Terra Come – Rodrigo Siqueira - MG Melhor longa Documentário
Mãos de Outubro – Victor Lima - PA Melhor Curta documentário
Fordlândia – Marinho Andrade - PE Melhor Documentário
Camiza de Onze Varas – Walério Duarte - PA Honra ao Mérito
Vela ao Crucificado – Frederico Machado -MA Melhor curta ficção
Naiá e a Lua – Leandro Tadashi - AM Melhor curta ficção

Vencedores da 3ª Edição do Amazônia DOC - 2011

Catálogo do Festival

Filme/Direção Categoria
Sem Ti Contigo (Venezuela) MELHOR FILME - LONGA
A Terra da Lua Partida (Brasil) MELHOR DIREÇÃO
De Panelas e Sonhos (Peru/Brasil) MELHOR ROTEIRO
Leite e Ferro (Brasil) MENÇÃO HONROSA
Matinta (Brasil) MELHOR FILME - CURTA - FICÇÃO
Sucumbios – Terra Sem Mal (Espanha) MELHOR FILME - CURTA - DOC
A Fábrica (Brasil) MELHOR DIREÇÃO - CURTA FICÇÃO
Cine Camelô - Clarissa Knoll (Brasil) MELHOR ROTEIRO - CURTA
Crônicas de uma Morte Anunciada (Brasil) MENÇÃO HONROSA
Adriano Barroso - Pelo conjunto de sua obra como dramaturgo, ator, e roteirista PRÊMIO ESPECIAL

PRÊMIO ACCPA (Associação dos Críticos de Cinema do Pará

A Terra da Lua Partida (Brasil) Melhor Filme - Longa
Matinta (Brasil) Melhor Filme Curta
A Fábrica (Brasil) Mençao Honrosa

JÚRI POPULAR

A Terra da Lua Partida (Brasil) MELHOR FILME - LONGA
Matinta (Brasil) MELHOR FILME CURTA Ficção
Soldados da Borracha (Brasil) MELHOR FILME CURTA Documentário

Vencedores da 4ª Edição do Amazônia DOC - 2012

Catálogo do Festival

Júri Popular

Filme/direção Categoria
Carta para o Futuro - Renato Martins Melhor longa
Céu, inferno e outras partes do corpo - Rodrigo John Melhor Curta de animação
Juliana contra o jambeiro do diabo pelo coração de João Batista - Roger Elarrat Melhor Curta de Ficção

Júri Oficial

Filme/direção Categoria
Carta para o Futuro - Renato Martins Melhor longa
Céu, inferno e outras partes do corpo - Rodrigo John Melhor Curta de animação
Regresso - Jano Burmester Melhor Curta de Ficção

Vencedores da 5ª Edição do Amazônia DOC - 2019

Catálogo do Festival

Júri Oficial / Mostra Competitiva Pan-Amazônia

Léguas a nos separar (PA), de Vitor Souza Lima Melhor Curta metragem
Bimi Shu Ykaya (AC), de Yube Huni Kuin, Siã Huni Kuin e Isaka Huni Kuin Melhor Longa/Média metragem
Majur (MT), de Rafael Irineu. Menção Honrosa Curta Metragem
Amazônia Ocupada (PA), de Priscilla Brasil Menção Honrosa Longa Metragem

Mostra Competitiva Pan-Amazônia

Beat é Protesto! O Funk pela ótica feminina (SP), de Mayara Efe Melhor Curta/Média metragem
Huahua (Equador), de Jose Espinosa Anguaya e Mamirauá (RJ), de Silvio Da-Rin Melhor Longa Metragem
En el murmullo del viento (Bolívia), de Nina Wara Carrasco Menção Honrosa

Júri Popular

Amazônia Ocupada (PA), de Priscilla Brasil/td> Melhor filme Amazônia Legal
Sotaque do Olhar (PE), de Mykaela Ploktin Melhor filme Pan-Amazônia


Amazônia DOC
Amazônia DOC